Sistema de Protensão

As lajes protendidas com cordoalhas não aderentes têm sido executadas nos EUA, principalmente na Califórnia, desde o final da década de 50. Milhões de metros quadrados de lajes construídas e em bom estado de serviço atestam o excelente desempenho desta tecnologia e dos métodos de cálculo e de detalhamento utilizados no projeto das mesmas.

No Brasil, somente a partir de 1997, as cordoalhas engraxadas e plastificadas começaram a ser fabricadas pela Belgo Mineira, seguindo as especificações do PTI – Post-Tensioning Institute, dos Estados Unidos.

Por que protender sua laje com cabos não aderentes ?

O uso de cordoalhas engraxadas apresenta características próprias, a serem observadas na escolha do tipo de protensão. A protensão não aderente pode ser executada a partir de equipamentos leves, facilmente aplicáveis em obras de pequeno porte. Isso possibilita ao concreto protendido ser competitivo com o concreto armado em edifícios residenciais com vãos pequenos (de 3 a 5 metros), o que não acontece com a protensão aderente. Além disso, os cabos engraxados são leves, de fácil manuseio e flexíveis, o que permite a existência de curvas em sua disposição em planta e possibilita o desvio de eventuais obstáculos existentes em seu trajeto.

Vantagens econômicas
  • Para vãos a partir de 6.50 m, a laje lisa protendida com cordoalhas engraxadas já é uma alternativa estrutural competitiva com a solução convencional de lajes de concreto armado apoiadas em vigas, principalmente se forem levadas em conta as diversas vantagens enumeradas anteriormente.
  • Outro aspecto econômico a ser considerado é a durabilidade das lajes protendidas. Como normalmente se usa protensão limitada nas lajes lisas e cogumelos, ou seja, para a combinação freqüente das ações é respeitado o ELS-F, praticamente não existem fissuras nessas lajes; junte-se a isso o fato de que os concretos utilizados são de maior resistência e que, também, são adotados maiores cobrimentos para as armaduras.

Vantagens da Protensão

Abaixo você pode conferir algumas vantagens estruturais e construtivas que se obtém com o uso de concreto protendido em sua laje.